Blog do Fábio Mayer
  

ATRASADOS, RECALCADOS E HIPÓCRITAS

O que dizer dessa escória humana que foi às ruas protestar contra a visita do presidente dos EUA ao Brasil?

Uma gente que não recebe guarida nem do governo que elegeu, pois Lula até terça-feira era o seu segundo ídolo (o primeiro é José Dirceu, de caráter idêntico ao deles), e agora, pelo jeito, virou vilão por governar de modo pragmático e trabalhar pela criação de empregos e exploração de uma tecnologia que foi a maior conquista científica do Brasil nos últimos 50 anos, deixando de lado essa hipocrisia esquerdofrênica tupiniquim de dizer que todos os problemas nacionais são culpa do imperialismo norte-americano.

Aliás, calculo que teve gente internada por ataque cardíaco logo após o presidente Lula ter afirmado que o Pró-Álcool é resultado de 30 anos de estudos científicos nacionais, o que significa, nas entrelinhas, que o presidente reconhece o mérito de um programa iniciado durante os governos militares, que eram mais socialistas que o atual, mas que são odiados pelos "ativistas", porque lhes impediam de ir às ruas desatar suas asneiras monumentais contra o país!

A UNE foi às ruas protestar e, como sempre, apelou para a violência sem sentido. Uma "ativista", insatisfeita com o fechamento de apenas uma das pistas da avenida Paulista, resolveu enfrentar a polícia e apanhou. No dia seguinte, uma integrante da entidade disse que não faria uma nova manifestação, porque tinha "muita polícia" no local, o que evidencia o intuito puro e simples de fazer baderna destituída de objetivo prático.

Li em algum blog um "ativista" desses imputando aos EUA a culpa pelo falido sistema brasileiro de educação porque, segundo ele, "importamos" o modelo yankee. Ora, nós importamos e a culpa é deles? Nossos políticos de raia miúda, como prefeitos, vereadores e deputados estaduais desviam dinheiro do Fundo Nacional da Educação e a culpa é dos EUA?

O MST declarou que o etanol é nocivo ao país, porque implica em uso de grande áreas cultiváveis e pouca mão-de-obra rural. Só esqueceu de lembrar que cada emprego perdido na área rural corresponde a vários outros, gerados em usinas, empresas de distribuição, indústria automobilística e varejo do mercado de combustíveis. Ou seja, reclamou porque lhe retira massa de manobra.

E o "creme do creme", os defensores do "yankees go home" ! Defendem que o Brasil simplesmente feche as portas para os EUA e seus investidores, que nacionalizemos ativos de empresas americanas e passemos nós mesmos a tocar os negócios como bons bolivarianos. Se isso gerar desemprego, não tem problema, o Brasil tem Bolsa-Família! O único problema será se, sem mercados internacionais e investimentos produtivos, a arrecadação tributária, que paga o benefício social que eles tanto amam despencar e impedir o governo de distribuir a benesse... opa! Nisso eles não pensaram... aliás, será que pensam mesmo?

É essa gente que faz a dita "esquerda" brasileira?

Se assim for, fico com o "direitão neo-liberal" Luiz Inácio Lula da Silva que, pelo menos, não age feito palerma e consegue visualisar os interesses do país no meio de tantas palavras de ordem e muitos mitos, criados por essa gente que que foi às ruas por horror a sucesso econômico, vez que vive de explorar a miséria.

Bem sabem meus leitores que não sou simpático a este governo. Porém, ao iniciar tratativas com os EUA na área de bio-energia, este governo propicia ao Brasil o acesso aos mais importantes e conceituados laboratórios científicos e mais que isso, a um mercado consumidor capaz de adquirir todos os nossos excessos de produção, gerando riquezas e, melhor que isso, contribuindo para a melhoria das condições ambientais do planeta.

Mas essas coisas, os esquerdofrênicos não conseguem ver...



Escrito por FM às 12h29
[] []


 
  

DA SÉRIE: TEXTOS QUE EU BEM QUERIA ESCREVER:

Folha de S.Paulo de hoje 05/03/2007:

RUY CASTRO

Anos "dourados"

RIO DE JANEIRO - Pelo fato de desencavar o passado em meus livros (sobre a bossa nova, Nelson Rodrigues, Garrincha, Ipanema ou Carmen Miranda), há quem pense que sou um nostálgico, saudosista e prisioneiro dos "anos dourados".
Os quais compõem um vago período entre os anos 50 do século 20 e alguma década posterior, variando de acordo com a idade de quem os classifica -quanto mais jovem a pessoa, mais os "anos dourados" avançam rumo ao século 21. Bem, os anos 60 talvez possam ser chamados de "dourados". Mas já vi os anos 70 e, incrível, até os 80 arrolados nessa categoria. E não duvido de que, um dia, os 90 também serão acusados de alguma douradice.
Bem, tenho novidades. Não sou nostálgico nem saudosista e meu interesse pelo passado é apenas racional, histórico e cultural. E, como sei uma coisa ou outra dos anos 50, posso garantir que, em vários aspectos, hoje é melhor. Duvida?
No Brasil dos "anos dourados", não se pensava na preservação das cidades. Sítios históricos eram arrasados para se rasgar uma avenida, furar o metrô ou plantar um viaduto, e vida que segue. Não havia a ecologia, e ninguém ligava que se construísse uma fábrica fedorenta ou uma usina atômica num santuário natural.
Não se reconheciam os direitos das mulheres, dos negros, dos índios, das crianças, dos animais, dos deficientes e dos homossexuais -se você fosse um desses, que se virasse. Havia uma ditadura da beleza e da elegância, regulada por Hollywood e Paris -as feias e as deselegantes conheciam o seu lugar.
Com a camisinha, o controle da procriação era privilégio dos homens. As mulheres desquitadas eram consideradas "fáceis". As viúvas, também. E por aí vai.
Enfim, você entendeu. Mas o assunto é vasto e volta a qualquer momento, em edição extraordinária.



Escrito por FM às 19h22
[] []


 
  

A UNE PROTESTA CONTRA O PRESIDENTE DOS EUA.

Em mais uma manifestação de terceiro mundismo explícito, quem sabe a mando do ditador venezuelano, o ladrão Hugo Chaves (que agora está com mania de perseguiçãom declarou que a CIA pretende matá-lo, mesmo vendendo petróleo a rodo para o país mais rico do planeta), a União Nacional dos Estudantes promete colocar 20 mil pessoas numa passeata contra o presidente dos EUA.

Eu analiso essa notícia por alguns aspectos.

O primeiro é a evolução dos estudantes nacionais. É, senhores, acreditem, os integrantes da UNE evoluíram um pouco ao anunciar uma manifestação contra o presidente dos EUA!

Explico:

Antigamente, a moda era protestar contra os EUA, de modo que hoje, aprenderam a distinguir o país dos seus governantes. É uma evolução, considerando que estudantes piqueteiros são de regra uns palermas que não gostam de estudar e passam a maior parte do tempo em "festinhas da facu" ou em altos bate-papos inúteis escarapachados nas saletas dos centros acadêmicos pelo país afora. São de regra indivíduos que se dizem "socialistas" porque um dia ouviram alguém mencionar aquele livro cretino "Veias Abertas da América Latina". Bem, agora que conseguem distinguir o presidente dos EUA do país EUA, quem sabe a partir e agora não pratiquem o abobado ritual de queimar a bandeira listrada e estrelada... seria o equivalente a deixarem de ser naenderthais!

Outro aspecto interessante é perguntar: a) Qual a culpa de George Walker Bush na péssima qualidade do ensino brasileiro? b) É o presidente dos EUA que administra o bilionário orçamento federal brasileiro de educação? Foi o senhor Bush que autorizou a abertura de milhares de faculdades caça-níqueis pelo Brasil afora? É a CIA que organiza minuciosos esquemas de corrupção aplicados pelas prefeituras brasileiras, para desviar dinheiro do Fundo Nacional da Educação?

Enfim, alguém me responda: o que esses supostos 20 mil estudantes palermas vão fazer nas ruas ao invés de ir para suas salas de aula estudar para, quem sabe, dentro de alguns anos, estarem muito bem empregados em enormes multinacionais, com grandes chances serem parte integrante da cadeia produtiva de uma empresa norte-americana?

Ah, vão dizer que querem um mundo melhor, embora não abram mão de seus tênis Nike, suas camisas Lacoste, calças TNG e de suas festinhas regadas a cuba libre, com muito whiskey e cerveja Budweiser não é?

Não sou contrário a política estudantil, muito menos à UNE ou aos centros acadêmicos. Só acho que, hoje em dia, viraram desculpa para não estudar e ao mesmo tempo arregimentar massa de manobra para políticos vazios. Dos meus tempos de faculdade, saíram dos centros acadêmicos, alguns dos piores políticos da atualidade aqui do Paraná, gente que passou a vida inteira trampolinando de partido em partido e hoje encontra-se em alguma sigla socialista, mas andando de carro importado e fechando andares inteiro de hotel para fazer bacanais e cheirar tudo, embora posando de sérios e comprometidos. Nessa UNE e nesses centros acadêmicos de hoje em dia, eu só vislumbro novos Josés Janenes, Josés Dirceus e Robertos Jefferson... ou seja, não vejo grandes líderes, mas apenas grandes articuladores...em favor próprio!

 



Escrito por FM às 18h10
[] []


 
  

 

C O N V O C A Ç Ã O

Hoje é dia de todos os verdadeiros Coxas!

Peço licença aos meus amigos blogueiros para fazer publicidade do plano de sócios do glorioso Coritiba Foot Ball Club. Depois de décadas de marasmo institucional, finalmente é possível aos torcedores comuns não só ajudarem o clube diretamente, mas também participar de sua vida política, votarem e serem votados, participar de assembléias e tomar conhecimento da situação econômico-financeira da instituição.

Estou convocando todos os meus amigos Coxas, mesmo os que não residem em Curitiba e região, a ajudar em um tremendo esforço de recuperação do clube, para devolvê-lo ao seu lugar histórico e transformá-lo numa potência esportiva digna de seus milhares de apaixonados torcedores.

É a hora e a vez dos verdadeiros Coxas!

 

Condições:

Taxa de adesão: R$ 12,00

Sócio-Contribuinte (para quem não reside em Curitiba ou região):  R$ 20 mensais + R$ 11 por dependente.

Sócio Amâncio Moro (arquibancadas): R$ 30 mensais + R$ 18 por dependente.

Sócio Mauá (cadeiras): R$ 45 mensais + R$ 26 por dependente.

Sócio Ubaldino (cadeiras do espaço Belford Duarte): R$ 100 mensais + R$ 57 por dependente.

Mais informações em

http://www.coritiba.com.br



Escrito por FM às 12h47
[] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
Meu perfil
BRASIL, Sul, RIO BRANCO DO SUL, Centro, Homem, de 36 a 45 anos

HISTÓRICO



OUTROS SITES
 Jornal RAIO X
 Agência Linha de Defesa
 Aqui não Genésio!
 Apoio Fraterno
 Aliciante
 Amar-ela
 Área Militar
 Blog do André Wernner
 Blogando Francamente
 Blogildo Blogger
 Blog da Santa
 Blogue da Magui
 Blogiana
 Blog do J.Bosco
 Cejunior
 Contatos Imediatos de Terceiro Grau
 Celso Daniel, Caso ou Descaso?
 Connaction
 Controle Interno
 Coritiba Foot Ball Club
 Couro de Jacaré!
 Coxan@autas
 Danielicius
 Defesanet - Defesa, Inteligência e Forças Armadas
 Dono do Bar
 Fábio Mayer - flog
 Franca Franqueza da Júlia!
 Gremio Foot Ball Porto-Alegrense
 Indignatus
 Juca Kfouri - jornalismo esportivo
 Lidos e Vividos
 Lino Resende
 Luz de Luma
 Mataador - Blog da Shirlei Horta
 Malditos Patos! Blog do Túlio Andrade
 No Mínimo - blogs sobre política e variedades
 Oh Raios!
 Orlando Tambosi - política/jornalismo
 O que pensa Aluizio
 Patacoadas do Cleber
 Pequenas Verdades
 Revista Asas - Cultura e História da Aviação
 Revista Força Aérea - Aviação Militar do Brasil
 Roque Sponholz - Arquitetura e Humor
 Segurança e Defesa
 Santos Futebol Clube
 São Paulo Futebol Clube
 Tom Paixão


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!